STJ. SÚMULA n. 511

STJ-logo-300x207.jpg
É possível o reconhecimento do privilégio previsto no § 2º do art. 155 do CP nos casos de crime de furto qualificado, se estiverem presentes a primariedade do agente, o pequeno valor da coisa e a qualificadora for de ordem objetiva.


Voltar ao MENU INICIAL